Telefone

+55 11 2279-4228 / +55 11 2401-8784

E-mail

vendas@impalla.com.br

Cuidados com as peças em Platina

A Platina Pura é a mais conhecida e menos raro dos metais do grupo da platina. O seu Ponto de fusão é de 1769° graus Celsius, tem uma durabilidade e excelente resistência ao ataque químico por ácidos e fusão. As misturas tornam-se muito adequadas para produtos de laboratório. Com 95% de Platina / 5% de Ouro (Pt-5Au): Material universalmente aceito de escolha para cadinhos e moldes de fundição.

Para análise por fluorescência de raios X a liga tem temperatura mais alta do que platina pura e tem uma propriedade “não molhante”, o que na remoção fácil da amostra após a fusão e permite muitos ensaios reprodutíveis com 90% de Platina / 10% de Ródio (Pt-10Rh): Esta liga tem um ponto de fusão de 1850° graus Celsius, tem maior dureza e maior resistência que a outra liga de platina.

É capaz de manter a sua forma sob as condições mais quentes no forno, com 97% de Platina / 3% de Irídio: a resistência mecânica, térmica e resistência à corrosão torna-se maiores com o aumento do teor de irídio. As ligas de irídio de platina sofrem de aumento da perda de peso na oxidação.

Cuidados com as peças em platina e suas ligas

USO E CUIDADOS

A Platina (Pt) e muitas das suas ligas são altamente resistentes ao ataque químico. Para obter o maior uso e vida.

  • Evite choques térmicos e físicos.
  • Limpeza: Para operação de rotina, coloque o laboratório Pt em um copo de solução de ácido cítrico quente com concentração de até 30%.

Outras operações de limpeza incluem:

  • Ferva com ácido clorídrico diluído (HCI) ou fusão com bisulfato de potássio antes de ferver com água.
  • Para uma limpeza mais agressiva, ferva em ácido nítrico (HNO3 isento de cloro). Seja qual for o método de limpeza, enxague bem com água limpa e seque completamente.
  • Mantenha sempre a condições oxidante.
  • Evite o contato com a maioria dos metais, p. Fe, Cr, Ni, Cu, Zn, Pb – particularmente em temperaturas elevadas. Se as partículas de metal forem suficientemente finas, elas podem ser pré-oxidadas, como acima.
  • Não realizar fusões diretas com álcalis cáusticos, nitrados, cianetos ou nitretos.
  • Os hidróxidos de bário e lítio reagem no calor vermelho com platina e álcali fundido Óxidos e peróxidos dissolvem platina.
  • Em geral, reduza o manuseio tanto quanto possível. Idealmente, a peça em platina só deve entrar em contato com pinças de aço com ponta de platina, condicionados para trabalho de fusão e berços de teflon para limpeza / Lavagem.
  • Nunca colocar a peça de platina sobre placa de alumínio.

INDICAÇÕES:

  • As peças de platina são indicadas nas fusões em necessitam chegar a uma alta temperatura de trabalho de 1000ºC á 1450ºC.
  • Nas fusões em que os reagentes tenham sais a base de Boro, na linha dos Tetraboratos, Metaboratos e ácidos bórico, as peças feitas com ligas contendo Platina Ouro, é indicada para evitar a aderência da amostras nas paredes, quando se usam uma peça feita em platina pura.
  • As Peças em Platina Ouro 5%, é muito indicada para uso em máquinas para preparação da amostra fundida, para leitura em fluorescência em raio x.

PRINCIPAIS LIGAS DE PLATINA:

  • Platina Ouro 5% – Constituída com 95% de Platina Pura e 5% de Ouro Puro
  • Platina Ródio 10% – Constituída com 90% de Platina Pura e 10% de Ródio
  • Platina Irídio 10% – Constituída com 90% de Platina Pura e 10% de Irídio

PRECAUÇÕES NO USO DAS PEÇAS:

  • Para o aquecimento das peças de platina, os mesmos devem ser feito em atmosfera oxidantes.
  • Pois quando, aquecemos as peças em bico de Bunsen ou Mecker, o mesmo devem ser mantida em parte oxidante, porém os gases redutores do bico central da chama, muito que afetam a platina, que podem assim atuar com o produto em calcinação, e produzir elementos reduzidos e atacar a platina, podendo ter o arrancamento de metal nas paredes do mesmo.
  • Quando o cadinho ou cápsulas, estiverem incandescente, as mesmas não devem se colocadas sobre metais como: latão, aço inox, ferro, cobre ou alumínio, sendo usada sempre uma placa de mármore ou cerâmica refratária. Outro cuidado importante é sempre usar uma pinça de inox com revestimento nas pontas em platina.
  • Lembrando que o óxido de chumbo e os metais fundidos, dissolvem a platina com facilidade. Os nitratos e cianetos de metais alcalinos, atacam a platina quando fundimos.

LIMPEZA DAS PEÇAS EM PLATINA E SUAS LIGAS EM GERAIS:

  • É indicada para limpeza das peças, uma fusão com bissulfato de potássio á 600ºC, e após uma lavagem com água fervente.
  • Uma solução de 30% com ácido cítrico, também funciona bem na limpeza das mesmas.